Marcadores

domingo, 7 de maio de 2017

Como você está hoje?


        “Como você está hoje” – pergunta uma moça com uma voz delicada, mas firme. Na ocasião, não sabia responder de prontidão.       E, então, a moça, sem se expressar, deu a entender de que era para eu continuar falando. Lembro-me de ter falado dez minutos sem parar. Ao final, ela disse: “é tudo isso o que você sente hoje”.
        Ela não havia feito qualquer julgamento sobre o que eu disse. Apenas ouviu e ponderou sobre o turbilhão de coisas que eu havia dito. A frase nunca mais saiu de minha cabeça porque foi muito válida e a uso todos os dias, desde então.
        Saber como se sente é um daqueles atalhos para seu dia se tornar melhor. E não falo isso porque acho que é um segredo daqueles que só pessoas de alta performance podem ter conhecimento. Mas, porque ao fazer essa reflexão é possível trazer mais maturidade para sua comunicação. De que maneira?
        Assumir os seus sentimentos e olhar para tudo o que está dentro do seu coração, seja ódio, rancor, medo ou alegria sem receio do que terá como resposta, coloca o ser humano como um observador de si mesmo. E, ao fazer isso, traz uma consciência de que o outro não é responsável por esse sentimento que lhe acompanha. Imagine que você saia de casa já sabendo que está irritado(a). Antes mesmo de chegar no seu trabalho, alguém lhe dá uma fechada no trânsito. Pronto! Desce do carro, já começa um bate-boca. Chega ao trabalho cuspindo marimbondo, desconta na primeira pessoa que vê e torna seu dia um inferno. Não lhe passou pela cabeça que você já saiu de casa assim e que você está, apenas, comunicando, o que você está sentindo?
        Existem dias em que há tudo para dar errado: sim, acidentes de trânsito acontecem; você pode chegar atrasado em qualquer lugar devido à chuva; você pode perder o avião porque não chegou no aeroporto. Mas, tudo isso acontece porque, antes de tudo, o ser humano é falível, então, você pode errar, seu taxista pode errar. Mas, também existem situações que não estão no controle de ninguém como, por exemplo, um avião pode não ter condições climáticas de pousar, por isso não chega até o aeroporto onde você está. Ou seja, existem muitas coisas que podem dar erradas no seu dia e tudo bem. Nem tudo o que se planeja dá certo.
        E, lá no fundo, não são essas coisas que causam tamanha irritação (já percebeu a quantidade de pessoas irritadas no Facebook?). É o que está no coração de cada um, lotado de bons ou maus sentimentos, repleto de histórias felizes ou dolorosas e que são traduzidas na maneira de se comunicar. Se não há “conserto” para os erros e atrasos do dia a dia, há conserto para tornar sua comunicação mais tranquila, ainda que seu coração esteja triste, chateado, irritado. E o primeiro passo é, assim que se levanta, se questionar: “como eu estou hoje?” Feito isso, é hora de entender que você pode guardar seu estado de espírito para você, sem ficar desgastando relações ou tensionando as situações ou espalhando graça (caso esteja em estado de graça) para todos os cantos, afinal, quem precisa lidar com o seu estado de espírito é você. Mas, caso não esteja bem, é importante pedir ajuda, afinal nunca é demais contar com um ombro amigo. 
        Não espere que as relações tensas lhe mostrem qual é o reflexo de sua comunicação, afinal, você pode se perceber antes mesmo de abrir a boca.        


0 comentários:

Postar um comentário