Marcadores

domingo, 19 de março de 2017

Outonar


          Sinto um vento mais fresco batendo no rosto e a sensação de serenidade tomando conta. É o Outono chegando anunciando que é hora de aquietar.    
        A estação do ano mais conhecida pelas folhas caídas, temperaturas amenas e uma vontade de não fazer nada interfere diretamente em nosso coração, no ritmo de vida e na comunicação.
        A paisagem do sol extremo, tão frequente no Verão, e que permite viver para fora, beber, comer, sambar, ficar até mais tarde na rua, aos poucos vai sendo substituída por dias frescos, clima mais nublado, folhas no chão e tapetes naturais marrons sendo construídos nas ruas de boa parte das cidades do Hemisfério Sul. Um cenário que permite (não exige, mas pré-dispõe) a olhar para dentro. A aquietar a mente e o coração e a se comunicar mais introspectivamente, como se todos os dias fosse um domingo mais calmo, acompanhado de uma boa xícara de chá.
        Essa é uma época propícia para contemplar, respirar, enxergar as ideias dentro de si, os sentimentos, as dores. Não como uma sinfonia melancólica de uma ópera triste. Mas, um parar, digerir, compreender, se permitir a se ouvir sem pressa, sem ruídos latentes ou desejos urgentes que rompam a interiorização. 
        O Outono não serve para todo mundo. Tem gente que vai ser mais Verão e outros serão um completo Inverno. Mas, talvez, essa época, seja um momento ideal para simplesmente ser, sem ter que interagir tão reativamente, como um jejum para a própria comunicação, num movimento para Outonar.



p.s deseja melhorar sua comunicação? Faça os cursos on-line da DNA Comunicativo: http://dnacomunicativo.com.br/produtos/


0 comentários:

Postar um comentário