Marcadores

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Em cartaz


Ir ao cinema é uma delícia. Pipoca em mãos, companhia agradável (e de preferência cinéfila como você) e um bom filme. Bom roteiro, imagens que prendem, aquele áudio impecável. Uma interpretação arrebatadora. Não respirar com um suspense ou um romance é sentir-se mais vivo do que nunca. 
Aliás, a vida acontece dentro da tela de cinema. Mas, antes de você chegar até a sua cadeira (que hoje são muito confortáveis), escolheu seu filme. Acredite! Muitos fazem essa escolha por causa do nome do filme. Aliás, essa que lhes escreve também faz isso. Então, depois de praticar bastante a escolha do filme pelo título, resolvi juntar algumas curiosidades sobre o assunto.
Filmes com nome de comida
        Não sei que vocês já repararam, mas teve uma época em que os grandes estúdios adoravam lançar nomes de filmes com todo tipo de comida. Vou listar alguns: “O cheiro do papaia verde”; “Tomates  verdes fritos”; “Chocolate”; “Como água para chocolate”; “Ratatouille”; “Tá chovendo hambúrguer”.
O personagem é o filme
        Uma das delícias do cinema, além de falar de comida (rssss) é fazer com que a gente fique curioso para assistir a um filme que leva o nome de um personagem que, até então, você não conhecia. Por exemplo: “O paciente inglês” (enquanto eu não descobri quem era o paciente inglês, não sosseguei); “A lista de Schindler”; “A escolha de Sofia”; O fabuloso destino de Amelie Poulain”; “O curioso caso de Benjamim Button”; “O Show de Truman”; “Forrest Gump”; “Django Livre”; “A excêntrica família de Antônia”; “O grande Lebowski”. O engraçado é que depois que esses personagens passam a ser conhecidos, pronto, sempre tem alguém que é o Forrest ou que faz uma escolha de Sofia ou entra para a lista de Schindler. É o cinema pulando das telas para nossa vida.
Filmes com nomes compridos
        Um filme que tem um título grande chama a atenção. Ou você nunca ficou curioso para entender o que era o “Clube da felicidade e da sorte”? “Brilho eterno de uma mente sem lembrança”, então, nem parece um título de filme, mas um pensamento filosófico. “Precisamos falar sobre o Kevin” lembra uma conversa longa e “Sociedade dos Poetas Mortos” lembra que títulos cumpridos podem ser eternizados. Oh, filme bom!
Filmes com nomes curtos
        Quando Akira Kurosawa apresentou “Sonhos” ao mundo não imaginava que um filme com um título tão pequeno daria o que falar durante décadas. O mesmo teria acontecido a Milos Forman quando exibiu “Amadeus” ao público.  “Psicose”, “Casablanca” “Bem-Hur” e “Chicago” também são provas reais de que tamanho não é documento no cinema.
Nome de lugares
        E para encerrar, não poderiam faltar os títulos de filmes que levam nome de locais: “Um lugar chamado Notting Hill”, “Filadélfia”; “As pontes de Madison”; “Os girassóis da Rússia”; “Cidade de Deus”, “A cor púrpura do Cairo”.
        Cinema é mesmo uma delícia até no título. E, então, qual seu título favorito? Coloque ali em comentários! Vou adorar saber.


p.s: tem alguns momentos que a tradução não tem nada a ver com o original, o que me deixa um pouco triste. “The sound of music” é um exemplo. Graças a Deus, não fizeram o mesmo com “Marry Poppins”.

p.s1: gostaria de agradecer minha família que me ajudou na brincadeira dos títulos.


Translation:
Now playing

        Go to the movies is delightful. Popcorn in hands, a pleasure fellowship (and preferably cinephile likes you) and a good movie. A good script, images that hold attention, that impeccable audio. A sweeping interpretation. Don't breathe with a suspense or with a romance is to feel more alive than never.
        Moreover, life happens on a movie screen. But, before you arrive at your chair (that today are very confortable), you chose your movie. Believe me! Many people do that choice because of the movie’s name. By the way, who wrote this article also do that. So, after practice a lot the choice of the movie by the name, I decided to gather some curiosities about it.

Movies with food name
        I don’t know if you have noticed that, but there was a time the big studios used to love release  movies with all kind of food. I’ll list some: The Scent of Green Papaya, Fried Green Tomatoes, Chocolat, “Como água para chocolate” (in free translation: Like water for chocolate), Ratatouille, Cloudy With a Chance of Meatballs.

The character is the movie
        One of the cinema’s delights, besides talk about food (rssss), is get us curious to watch a movie that has the name of one character who you didn’t know until then. Like The English Patient (until I figured out who was the English patient, I didn’t quiet), Schindler's List, Sophie's Choice, Amélie, The Curious Case of Benjamin Button, The Truman Show, Forrest Gump, Django Unchained, Antonia's Line, The Big Lebowski. The funny thing is that after these characters become known, it’s done, there is always someone that is like Forrest, or that made a Sofie’s choice, or that is on the Schindler’s list. It's the movie jumping from screens to our lives.

Movies with long names
        A movie with a long name draws attention. Or have you never been curious to understand what was the The Joy Luck Club? Eternal Sunshine of the Spotless Mind, so, this even looks like a movie’s name, but a philosophical thought. We Need to Talk About Kevin reminds a long talk and Dead Poets Society reminds that long names can be eternelized. Oh, good movie!

Movies with small names
        When Akira Kurosawa presented Dreams to the world, he didn’t imagine that a movie with such a small name would be talked for decades. The same would have happened to Milos Forman when exhibited Amadeus to the public. Psycho, Casablanca, Ben-Hur and Chicago are also real proves that size doesn’t matter in movies.

Names of places
        To finish, couldn’t miss the movies with names of places: Notting Hill, Philadelphia, The Bridges of Madison County, Sunflower, Cidade de Deus (in free translation: God’s city), The Color Purple.
        Movies are really a delight even in the name. And so what’s your favorite title? Write there in comments! I’d love to know!

PS: There are sometimes that the translation has not to do with the original, what makes me feel a little sad. The Sound Of  Music is an example. Thanks God they didn’t do the same with Marry Poppins.

Translator



Bruna Gonçalves. 23 anos. Redatora publicitária e marketing digital. Faço freelas de conteúdo e de tradução. Pode me encontrar também no blog Não Sei se é Fome ou Tédio ou por e-mail: brunalvgoncalves@gmail.com

Bruna Gonçalves. 23 years old. Copywriter and digital marketing. Freelances in copywriting and translation. You can find me in Não Sei se é Fome ou Tédio’s blog or by e-mail: brunalvgoncalves@gmail.com

3 comentários:

"Intocaveis" Além de adorar esse filme, quando entendi o motivo do nome ai que adorei mais o filme rsrs
"A origem" Filme muito bom e o nome faz sentido com a historia!

Edmar, querido. Que saudades de você. Volte sempre!!! E participe sempre.

Postar um comentário