Marcadores

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Se não sabe, pergunte!


       

       É comum as pessoas se preocuparem com o que vão vestir para apresentar uma palestra ou chefiar uma reunião. Geralmente, elas se preocupam também com o que vão falar. E ficam dúvidas se as planilhas que vão ser expostas são adequadas ou não.  Essa situação parece comum? 
            O que mais me chama a atenção,  quando alguém me pergunta o que fazer em uma apresentação, é que as pessoas têm muita vergonha de perguntar. Como se fosse um pecado! Eu não tenho a menor ideia de quem inventou isso, mas, saibam, perguntar é sinônimo de sobrevivência. Ninguém nasceu sabendo tudo e, convenhamos, seria muito chato conviver com alguém que sabe tudo.
            Acredito, portanto, que a melhor maneira de se sair bem em um evento, palestra ou aula é se informar antes sobre tudo o que vai acontecer. Quem é meu público? Que linguagem devo utilizar com esse público? Vou fazer apresentação em Power Point? Vou ter tempo de expor as planilhas? Com quem seria interessante trocar uma ideia antes? Quem pode ser um bom contato após o evento? Existem inúmeras possibilidades em uma simples aula e você pode tirar muitas vantagens delas.
            Para não se perder, é importante se organizar. Faça uma listinha do que vai precisar realizar para esse evento e depois reorganize os itens por prioridades. Pronto! Se você tiver as suas dúvidas respondidas pode ir seguro de que tudo será um sucesso.

0 comentários:

Postar um comentário